bitcoin

Entenda o que é a Bitcoin, a moeda virtual que vale mais de US$ 200

Stephanie Kohn 09/04/2013 13h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Saiba como gerar o 'dinheiro virtual' e conheça suas vantagens e desvantagens

Nos últimos meses, a Bitcoin não tem saído dos noticiários. A moeda virtual criada em 2009 por um gênio da matemática teve alta nunca antes vista na história. Ela passou de US$ 40 para US$ 200 em apenas um mês. Por isso o Olhar Digital resolveu ir a fundo nesta história para explicar exatamente como a Bitcoin funciona.

Diferentemente das moedas convencionais, a Bitcoin não precisa de nenhum emissor centralizado, pois ela se baseia no conceito peer-to-peer, ou seja, qualquer um pode gerar o "dinheiro". Nos Estados Unidos já é possível comprar produtos eletrônicos, games, roupas, acessórios e até comida com moeda virtual. Além disso, algumas empresas têm remunerado freelancers com a moeda e outras têm vendido bens, como carros usados e computadores, em Bitcoins.

O problema é que para gerar esta moeda sem lastro, que determina seu valor apenas pela especulação em Bolsas de Valores virtuais, é necessário tempo e, ironicamente, dinheiro...real. 

Segundo Leandro César, arquiteto de informação, para gerar a moeda é necessário se cadastrar no site www.bitcoin.org. O usuário baixa um programa de compartilhamento de arquivos para receber uma identificação e, a partir daí, começa o processo de geração das moedas, apelidado de "mineração".

A rede Bitcoin cria e distribui um lote de novas moedas aleatoriamente entre os usuários que estão rodando o programa. A quantidade de dinheiro virtual criado em um lote, no entanto, nunca passa de 50. 

"Para conseguir ganhar 50 moedas é necessário muito investimento em hardware. Inicialmente eu gastei R$ 10 mil com computadores e, atualmente,  gero 30 centavos de Bitcoin por dia com minhas máquinas trabalhando sem parar", explica Leandro.

As moedas podem ser salvas em forma de arquivo, que funcionam como uma carteira virtual. As transações acontecem via internet entre qualquer pessoa que tenha um endereço de Bitcoin. No momento, dentro da MT Gox, maior câmbio virtual do mundo, a Bitcoin está em alta, valendo US$ 216,90.

É importante saber que os criadores da moeda estipularam valor máximo de 21 milhões de Bitcoins a serem geradas no mundo para que não existam chances de um espiral inflacionário. Até hoje, o número não passou de 11 milhões.

Continua...

Sites Dinheiro Economia Virtualização Loja Virtual
Compartilhe com seus seguidores

Recomendados pra você