Entidade mundial de publicidade declara guerra ao Adblock Plus

O presidente e CEO do Interactive Advertising Bureau (IAB), entidade que regulamenta o planejamento, compra e venda da publicidade no mundo, acusou programas como o Adblock Plus de serem "antiéticos, imorais e mentirosos". A declaração foi feita na cúpula mundial do IAB, depois que os responsáveis pelo bloqueador de publicidade na rede reclamaram que foram desconvidados da conferência sem motivos.

Na semana passada, a desenvolvedora divulgou um e-mail enviado pelo IAB que dizia que não havia convite disponível. 

"Nós nunca os convidamos, em primeiro lugar. Eles se registraram para este evento online. Quando descobrimos, nós cancelamos a inscrição. Por quê? Pela simples razão de que eles estão roubando dinheiro de editores, subvertendo a liberdade de imprensa, que opera em um modelo de negócio baseado na censura de conteúdo, e, finalmente, forçando os consumidores a pagar mais por informações menores e menos diversificadas", alegou. Rotheburg afirmou até que o programa viola os princípios de legalidade de rede.

O gerente de comunicação e operações do Adblock Plus, Ben Williams, rebateu as acusações. "Como sempre, continuamos interessados em encontrar maneiras melhores e mais sustentáveis para que os criadores de conteúdo ganhem dinheiro. Convidamos todos para se juntar a nós", declarou. "Os mais de 400 mil downloads do Adblock Plus não vão ‘sumir’. Impedir o Adblock Plus de comparecer ao seu evento não resolve nada. Nós continuaremos a trabalhar com outras pessoas para construir um modelo de monetização sustentável para a Internet”, afirmou a companhia em um comunicado.

Via BusinessInsider 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ