Equipe dos EUA testa robô armado gigante que lutará em duelo contra o Japão

A empresa MegaBots, que representará os EUA num duelo de robôs gigantes contra o Japão, mostrou hoje um teste do "Eagle Prime" Mk. III, sua criação que será responsável por defender o país no embate. Num vídeo lançado pela empresa, o robô gigante é mostrado navegando um curso de obstáculos - e até enfrentando um oponente.

O curso inclui uma seção de slalom, para testar a dirigibilidade do robô. Em seguida, há uma parede de barris desenhada para testar sua resistência a impactos. No final, há uma galeria de tiros na qual o Eagle Prime mostra o seu canhão de ar comprimido. Mas há ainda uma surpresa: outro robô gigante aparece para enfrentá-lo. Veja no vídeo abaixo o teste do Eagle Prime:

Segundo a descrição do vídeo, o Eagle Prime mede cerca de 4,8 metros de altura e pesa aproximadamente 12 toneladas. Ele tem dois assentos, é movido por um motor V8 com 430 cavalos de potência e usa um par customizado de esteiras de tanque para se locomover e fazer curvas. O canhão de ar comprimido dele também pode ser recarregado com diversos tipos de "munição". No total, ele custa mais de US$ 2,5 milhões (mais de R$ 7,8 milhões).

Choque de monstros

A luta entre robôs armados gigantes dos EUA e do Japão já tem mais de dois anos de história. No começo de 2015, a empresa japonesa Suidobashi Heavy Industry mostrou o Kuratas, um robô armado gigante que podia ser comprado por US$ 1 milhão. A empresa estadunidense MegaBots, vendo o robô, mostrou o seu próprio modelo (o Mark III, ou Mk. III) e desafiou os japoneses para um duelo. Eles aceitaram e, após arrecadar fundos no Kickstarter, o duelo ganhou data para acontecer.

Mas, de acordo com o Engadget, o embate sofreu um novo atraso e agora só ocorrerá em setembro. A MegaBots alegou que o atraso foi motivado por "problemas logísticos", o que faz sentido -  não deve ser fácil levar o Eagle Prime para viajar. Infelizmente, o evento não será aberto ao público; mesmo assim, quem quiser assistir à briga poderá ver ao vivo pelo Facebook e pelo YouTube. 





RECOMENDADO PARA VOCÊ