Videoconferência

Estudo: o impacto econômico das videoconferências e telepresenças nas empresas

Stephanie Kohn, editado por Igor Lopes 30/11/2011 17h06
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A videoconferência, telepresença e colaboração em vídeo podem aumentar a produtividade, reduzir custos e deixar o funcionário mais satisfeito

Durante 12 meses o instituto de pesquisa Aberdeen realizou um estudo com 380 companhias e descobriu como a videoconferência, colaboração em vídeo (compartilhamento de dados, documentos e ferramentas) e telepresença (experiência de reunião em pessoa) têm beneficiado as empresas mundo afora.

Diferente do que se imaginava, números mostram que as companhias têm adotado as tecnologias em vídeo por outros motivos e não apenas pela redução de custos com viagens. Segundo o estudo, em novembro de 2010, 63% das companhias acreditavam que a telepresença ajudaria na colaboração imediata entre os funcionários. E apenas 39% das empresas afirmaram que a telepresença reduziria custos em viagens.

Segundo a pesquisa, as empresas acreditam que as tecnologias em vídeo, especialmente a telepresença, trazem ainda mais vantagens. Com a redução de viagens, os funcionários são capazes de balancear a vida profissional e pessoal. Assim, ao permanecerem mais tempo em seu local original de trabalho, eles produzem mais e mantém um alto nível de satisfação.

Outro ponto que também tem levado as empresas a adotarem a colaboração em vídeo é a demanda proveniente dos próprios funcionários. Em setembro de 2011, a Aberdeen descobriu que ¼ dos entrevistados identificaram a videoconferência como uma forma de promover um ambiente mais social e imersivo para os jovens profissionais.

O estudo ainda descobriu que o departamento de TI é a área que tem maior taxa de adoção de colaboração em vídeo. 57% das áreas de Tecnologia da Informação das empresas já utilizam estas tecnologias no seu dia a dia. Em último lugar do top 10, estão as áreas de Aquisição de Talentos, ou Recursos Humanos, onde apenas 24% delas se aproveitam dos benefícios dessas tecnologias. "Obviamente o departamento de TI é o mais envolvido com tecnologias de vídeo. Eles costumam marcar reuniões em grupo e programas de treinamento", diz Hyoun Park, analista de Telecom e Comunicações Unificadas.

Por fim, a Aberdeen questionou as empresas quais os principais valores associados ao uso das tecnologias em vídeo. Obviamente, a redução no custo com viagens foi o mais citado (72%), seguido da eficiência em processos operacionais (40%) e sustentabilidade (27%). Já a melhoria nas taxas de vendas teve a menor porcentagem (16%).

Quer dar sua opinião? Conte-nos nos comentários abaixo se sua empresa já utiliza alguma dessas tecnologias e quais os benefícios que elas têm proporcionado. E não deixe de ler amanhã uma matéria complementar com estatísticas de redução de custos com viagens com a adoção de tecnologias de vídeos.

Vídeo Telepresença Negócios Empregos Videochamada empresa Aberdeen
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você