Facebook anuncia fim do Parse, seu serviço de desenvolvimento em nuvem

Comprada pelo Facebook há apenas três anos por cerca de US$ 85 milhões, a startup Parse anunciou nesta quinta-feira, 28, o encerramento de suas atividades. A plataforma disponibilizava um ambiente online para desenvolvedores web, como o Microsoft Azure e o IBM Bluemix.

A equipe do Parse não explicou o motivo para o fim do serviço, mas o anúncio indica que o Facebook quer remanejar os profissionais para outras funções dentro da empresa. Segundo uma reportagem do jornal New York Times, a startup havia sido comprada como um "plano B" caso o Facebook precisasse recorrer a outros modelos de negócio.

Na época, a estrutura de anúncios da rede social ainda não era tão lucrativa quanto hoje. Analistas ouvidos pelo NYT indicam que o Facebook desistiu de fazer da Parse um concorrente aos serviços da Microsoft, IBM e Amazon, por exemplo, por achar que o mercado estaria já "abarrotado" de competidores.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ