Facebook está pedindo para os usuários revisarem configurações de privacidade

O Facebook está liberando um aviso no seu aplicativo para lembrar os usuários de revisarem as configurações de privacidade das suas contas. Conforme relata o TechCrunch, a rede social está pedindo que os usuários analisem como a plataforma usa dados pessoais em diversos serviços.

Além disso, a empresa também atualizou os seus termos de política de privacidade de acordo com as regras da GDPR, impostas pela União Europeia. Nesse caso, os europeus serão obrigados a aceitarem os termos caso queiram continuar usando o Facebook, já os demais usuários terão concordado automaticamente caso descartem o aviso mais de duas vezes.

O Facebook permite que o usuário analise detalhes sobre publicidade, reconhecimento facial e as informações que escolheu para compartilhar no perfil. Por exemplo, se a pessoa não quiser mais ter sua religião, opiniões políticas ou informações de relacionamento expostas, a plataforma permitirá que essas configurações sejam alteradas.

Caso você já tenha desativado algumas dessas configurações, o Facebook não irá incentivar a reabilitá-las. Além disso, depois de ajustar as configurações, as alterações entram em vigor imediatamente e podem ser ajustadas novamente a qualquer momento em “Configurações” ou “Atalhos de Privacidade”.

As mudanças da política de privacidade da rede social é um movimento de todas as empresas em relação ao GDPR, que estabeleceu novas regras de proteção da privacidade dos europeus, mas também é uma forma do Facebook mostrar que está preocupado com o escândalo da Cambridge Analytica, no qual dados de mais de 87 milhões de usuários foram vendidos sem consentimento. 

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ