facebook

Facebook exclui chances de criar Botão do Pânico

Redação Olhar Digital 19/03/2010 12h39
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Pressionada, rede social afirma que outras medidas serão adotadas contra a pedofilia

Após grande pressão por parte do Reino Unido, o Facebook descartou a criação do Botão do Pânico. A intimação teve início diante do caso de morte da adolescente Ashleigh Hall por Peter Chapman, que utilizava um perfil falso no Facebook.

A ferramenta, que tem como objetivo deixar acessível aos usuários da rede social uma forma de combater a pedofilia, é criação da ONG Exploração Infantil e Proteção Online (Ceop, em inglês) e muito utilizada em outras redes sociais, como o Bebo.

Ao clicar no botão, o usuário seria levado a uma página com informações sobre vírus, material abusivo, bullying e comportamento sexual inadequado.

O Facebook se comprometeu a aprimorar o sistema de segurança para que o caso não se repita, além de incluir links para os sites da Ceop e da ONG Beatbullying, também voltada à proteção contra abusos infantis, mas exclui a possibilidade de criar o Botão do Pânico.

Internet Facebook
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você