Facebook lança recurso para ajudar cidadãos a falar com políticos

Uma das vantagens incontestáveis do Facebook é que ele torna informações sobre marcas, empresas e pessoas importantes mais fáceis de se encontrar. A rede social agora quer aproveitar isso para ajudar na comunicação entre cidadãos e seus representantes no governo por meio de uma ferramenta chamada "Town Hall".

O recurso foi percebido há duas semanas em fase de testes, e agora foi liberado de forma oficial a todos os usuários da rede social nos Estados Unidos. O GIF abaixo, capturado pelo Wall Street Journal, indica como a ferramenta vai operar.

Como funciona?

Quando o usuário clica nessa opção, ele é levado a uma espécie de tela de login. Isso porque, para usar a ferramenta, é necessário informar um endereço para que o Facebook saiba quem são seus representantes. Faz sentido: se o Facebook entender que você mora em São Paulo, saberá quem é o prefeito da cidade, quem são os vereadores, e com isso poderá lhe informar devidamente. Nos EUA, onde o voto é distrital, o endereço é ainda mais necessário.

De acordo com a rede social, o seu endereço não será mostrado ou compartilhado com nenhum outro usuário. No entanto, como o TechCrunch ressalta, a ferramenta não diz em nenhum lugar que seu endereço não ficará salvo nos servidores do Facebook, então é bom estar consciente disso.

Reprodução

Feito isso, o Facebook mostrará as páginas dos políticos locais no Facebook. Mantendo o exemplo de São Paulo, você veria a página do prefeito João Dória, dos vereradores da cidade, do governador e dos deputados estaduais. Os representantes federais, como os deputados federais e os senadores do estado, também ficam em evidência.

Cada página mostrada na lista é acompanhada por um botão "Seguir" (que permite seguir para receber novidades em seu feed) e um botão "Contato". Este último dá as opções de enviar um e-mail ou mensagem via Facebook para a página.

Limitações

Naturalmente, o funcionamento desse recurso depende de que os políticos tenham páginas no Facebook. Por isso, cidades menores e com políticos menos conectados não se beneficiarão tanto.

O TechCrunch, que pôde testar a novidade, ressaltou que ela ainda pode melhorar bastante. Por exemplo, é frequentemente difícil encontrar um número de telefone ou outro meio de entrar em contato com o político (que não seja via Facebook), algo que outros sites independentes facilitam.

O site lembra que a ferramenta chegou menos de um mês depois de Mark Zuckerberg publicar um textão falando sobre como pretende fazer da rede social uma plataforma para que seus usuários fiquem mais "engajados civicamente". É provável, portanto, que essa funcionalidade se expanda e chegue também a usuários brasileiros.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ