Facebook proíbe novos aplicativos de se conectarem à sua plataforma

Diante do desastre que o caso Cambridge Analytica foi para a imagem do Facebook, a empresa está tomando atitudes para tentar conter os danos. Agora foi descoberto que a rede social vai impedir que novos aplicativos tenham acesso à sua plataforma por tempo indeterminado.

A mudança foi implementada silenciosamente na última terça-feira, 27, uma semana depois de Mark Zuckerberg anunciar mudanças que visam limitar de forma mais profunda a quais dados sobre os usuários do Facebook os desenvolvedores de aplicativos podem ter acesso.

Todo a situação da Cambridge Analytica começou com um simples teste de personalidade realizado por cerca de 270 mil pessoas. O grande problema morava no fato de a plataforma permitir que essas pessoas entregassem, sem saber, dados de seus contatos na rede social, atingindo 50 milhões de pessoas. Essas informações foram repassadas para a empresa de consultoria sem autorização; o Facebook contatou a Cambridge Analytica exigindo que os dados fossem deletados, mas ao que tudo indica a ordem não foi cumprida, o que a empresa de Zuckerberg considera uma “quebra de confiança”.

Essas novas medidas visam impedir que novas “quebras de confiança” venham a acontecer. A ideia é estabelecer um filtro mais rígido sobre quem pode ou não utilizar a plataforma do Facebook. “Para manter a confiança que as pessoas colocam no Facebook, estamos fazendo mudanças na forma que a plataforma funciona. Sabemos que essas alterações não são fáceis, mas acreditamos que essas atualizações ajudarão a mitigar qualquer quebra de confiança com o ecossistema de desenvolvedores”, informa Ime Archibong, vice-presidente de parcerias da empresa.

A expectativa é que ao longo das próximas semanas a empresa faça uma “análise aprofundada da plataforma”, que inclui avaliar todos os aplicativos que apresentam atividades suspeitas. Se algum app for removido da plataforma por abusar do acesso aos dados dos usuários, as pessoas afetadas também deverão ser diretamente alertadas.

A proibição a novos aplicativos na plataforma tende a ser temporária enquanto as coisas se acertam. O Facebook ainda não informou por quanto tempo pretende manter o bloqueio.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ