Martinelli

Família recusa oferta de US$ 7 milhões do Google para vender sua casa

Caroline Rocha, editado por Leonardo Pereira 16/12/2016 10h35
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Uma família da região do Vale do Silício está enfrentando uma pequena batalha para não vender sua propriedade, que fica no meio da sede em expansão do Google.

A empresa já ofereceu de US$ 5 milhões a US$ 7 milhões pelo pedaço de terra, que mede menos de 4.000 metros quadrados, mas o valor foi recusado. O resultado: a casa agora é cercada por todos os lados pela gigante de buscas.

A pequena propriedade conta com pés de figo, pimentas, tangerinas e abacates, muitos dos quais foram plantados pelo patriarca da família, Victor Molinari, que faleceu há cinco anos.

“No momento, não precisamos de dinheiro. A propriedade não está à venda. Mantendo o terreno, manteremos nossa história”, explicam Leonard Martinelli e sua irmã, Sandra Martinelli.

A história a que se referem os Martinelli não é somente a da família. Com as transformações, o passado agrícola de Montain View acaba sendo perdido. “Eu não acredito que ninguém veja algum significado histórico neste local. Eventualmente, todas essas propriedades serão destruídas”, explica o vereador Leonard Siegel.

Por enquanto, a família Martinelli resiste à venda do imóvel. Questionado, o Google se recusou a comentar o caso.

Via The Guardian

Google
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você