Flickr anuncia fim de função e causa confusão entre os usuários brasileiros

O Flickr enviou um e-mail para os usuários brasileiros na madrugada desta segunda-feira, 23, anunciando o fim da “oferta de álbum de fotos” e a migração para o Blurb. A redação do comunicado, contudo, levou alguns internautas a acreditar que se tratava do fim do serviço, que já foi uma das mais populares plataformas de compartilhamento de imagens. No entanto, a rede social explicou em seu fórum que se trata apenas do encerramento de uma função.

De acordo com a equipe de suporte do Yahoo, a função que está sendo encerrada é a de impressão de álbuns de fotos físicos do Flickr e também da criação de quadros com as imagens postadas na rede social. Ou seja, o serviço continuará funcionando, mas os usuários terão que usar o Blurb para imprimir os seus cliques. Inclusive, já é possível conectar os dois serviços para a importação de fotos desde o último dia 16.

De acordo com o e-mail, a ferramenta de criação de álbuns de fotos físicos do Flickr ficará disponível até o dia 1º de dezembro e os usuários terão até a data para finalizar os pedidos pendentes. O mesmo prazo valerá para quem quiser imprimir o histórico de pedidos na carteira da conta Flickr. Por fim, usuários da versão paga da rede social ganharão US$ 35 (cerca de R$ 110) para criar seu primeiro álbum no Blurb.

Reprodução

O anúncio do Flickr causou confusão até mesmo entre os usuários americanos, que também pensaram que se tratava do fim do serviço. No entanto, o funcionário Zee Jenkins usou o fórum da rede social para esclarecer a dúvida. “O Flickr não está acabando. Sua conta está bem. Suas fotos estão a salvo. Desativem o botão de pânico, Flickrfam. Se algo estivesse mudando além do que foi mencionado, eu teria dito isso”, publicou.

Reprodução

A apreensão a respeito do fim do Flickr deve-se ao fato de o Yahoo, que comprou a rede social, não estar bem das pernas há algum tempo. Em junho, a operadora Verizon finalizou a compra da antiga gigante da internet, que acumulava perdas por vários trimestres seguidos. Além disso, a queda na relevância do Flickr e a diminuição da base de usuários também apontam para um futuro incerto.

Para quem não conhece, o Flickr é uma rede social criada em fevereiro de 2004 e comprada pelo Yahoo no ano seguinte. A ferramenta logo chamou a atenção dos internautas por facilitar o compartilhamento de imagens em um tempo em que a oferta desse tipo de serviço online era escassa, ganhando ainda o coração de fotógrafos profissionais. No entanto, com o surgimento do Instagram e de serviços de armazenamento na nuvem, a plataforma perdeu relevância. 

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ