EUA vs. China

Funcionário do governo dos EUA pede adiamento do veto contra Huawei

Redação Olhar Digital 10/06/2019 21h30
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Estados Unidos poderia ficar para trás na questão de infraestrutura de redes 5G com o banimento da fabricante chinesa dentro do prazo estipulado

Um revés inesperado aconteceu na situação da Huawei em relação ao seu veto comercial nos Estados Unidos. O chefe interino de Orçamento na Casa Branca, Russell T. Vough, quer um adiamento de dois anos sobre a inclusão da empresa na lista negra do Departamento do Comércio norte-americano, informou o Washington Post. 


Vough, em conjunto com outros nove membros do Congresso, enviou uma carta ao Vice-Presidente Mike Pence para explicar como o adiamento, na verdade, ajudaria as empresas a cumprirem com o veto comercial de forma correta. Assim, essa ação, que está planejado para entrar em vigor em um ano e um mês, seria efetivo apenas em três anos e um mês.

Efetivamente, a Huawei é protagonista no segmento de infraestrutura de telecomunicações, principalmente no 5G, uma área que, por enquanto, os EUA não domina. A Rússia já utiliza os recursos da chinesa e os norte-americanos podem ficar para trás. Portanto, esses dois anos extras, dariam tempo para que os mesmos desenvolvessem as novas tecnologias. 

Esse pedido inesperado vindo de dentro do governo dos EUA soma-se a outros que apareceram recentemente. Por exemplo, o Google afirmando que deixar de fornecer Android, na verdade, comprometeria mais a segurança e a possibilidade de assinar um acordo de não-espionagem.

Via: Xataka

Google Governo China 5G Huawei eua x china huawei
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você