Google bloqueou 780 milhões de anúncios maliciosos em 2015

O Google está preocupado com os anúncios maliciosos dentro de plataforma de buscas, uma das suas principais fontes de renda. Nesta quinta-feira, 21, em um post no blog oficial, a companhia revelou que bloqueou mais de 780 milhões de anúncios em 2015, um aumento de quase 50% em relação ao ano anterior.

Segundo a empresa, as propagandas bloqueadas foram aquelas que violaram as regras do Google, ofereciam produtos falsificados, remédios ainda não aprovados pelo governo, propagandas enganosas de perda de peso, tentativas de phishing e softwares indesejados. Também foram eliminados mais de 17 milhões de anúncios projetados para se parecerem com avisos do sistema.


"Através de uma combinação de algoritmos e pessoas no Google revendo os anúncios, nós somos capazes de bloquear a maioria dos anúncios ruins antes que eles nunca se mostrado ", explica a companhia, afirmando que há uma equipe de mais de mil profissionais que desempenham a tarefa.

Anúncios que ficam perto de um botão, contando com a distração do usuário, ou aqueles que pertencem a sites e aplicativos mal projetados.

Para 2016, o Google afirma que continuará o trabalho de "limpeza", além de intensificar o trabalho contra os anúncios de emagreimento.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ