Google Chrome começa a barrar Adobe Flash a partir de setembro

Se você é usuário do navegador Google Chrome e ainda faz uso de sites recheados com recursos em Flash é melhor começar a pensar em mudar de software ou acessar outras páginas. O navegador da empresa irá começar a barrar a ferramenta da Adobe a partir de setembro.

O motivo disso deve-se ao fato de que a versão 53 do Chrome chega em setembro e vai priorizar o uso do HTML5 em detrimento do Flash.

Dessa forma, a mudança deve ser finalizada até o final deste ano, quando o recurso mais moderno será a única opção disponível.

Segundo o Google, mais de 90% do Flash na web carrega coisas de suporte por trás das cenas como ferramentas analíticas que deixam o navegador mais lento. O HTML5, por sua vez, é mais leve e rápido e os muitos sites já optaram por realizar a mudança para acelerar o carregamento de suas páginas.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ