Google cria 'idioma' próprio para máquinas

O Google criou um sistema operacional voltado à era da internet das coisas. Chamado Project Brillo, ele é baseado em Android para objetos conectados e consome pouquíssimo processamento e energia.

Outro investimento da empresa em internet das coisas é o Weave, uma espécie de idioma comum para máquinas, uma língua que poderá ser usada para que os objetos consigam se comunicar - sejam eles equipados com Brillo, Android etc.

Isso é importante porque muitas fabricantes usam sistemas e plataformas próprios para seus produtos conectados. No fim das contas, ninguém se conecta a ninguém e a internet das coisas nunca sai do papel. Um padrão é necessário, e o Google quer fornecer esse padrão.

O Brillo será lançado no terceiro trimestre e o Weave, no quarto trimestre.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ