Google cria sistema mundial de endereços para o Maps

Se você está lendo isso, você provavelmente mora em uma rua que tem nome, e na qual a sua residência tem um número. Mas de acordo com uma estimativa do Banco Mundial, metade da população mundial ainda vive em ruas sem nome - e para essas pessoas, dizer onde mora pode ser um desafio. Foi para encarar esse desafio que o Google anunciou hoje os Plus Codes.

De acordo com a empresa, os Plus Codes são um sistema open-source de códigos no formato "6-caracteres + cidade". Para gerar esses códigos, o sistema divide toda a superfície terrestre em pequenos "ladrilhos" e atribui um código a cada um deles. Você pode não ter nem ideia de como interpretar esse código, mas se você colocá-lo no Google, ele lhe mostrará um local específico, facilitando a localização, como mostra o GIF abaixo:

Por tratar-se de um sistema de código aberto, qualquer local ou serviço pode gerar um código para si mesmo. E como o código não é necessariamente atrelado a ruas ou avenidas, ele pode ser usado para marcar locais mais distantes dessas vias - um ponto no meio de um parque, por exemplo. Áreas que não têm ruas com nomes oficias - como é o caso de algumas favelas - também se beneficiarão da novidade.

O Google considera que o sistema pode ser particularmente útil para casos como "comunicar o local de um evento temporário, guiar serviços de emergência ou fornecer um marco identificável para endereços complicados". Regiões fronteiriças ou cidades localizadas em territórios disputados também podem tirar vantagem do novo recurso.

Esse sistema, por enquanto, já está funcionando na Índia. Mas, de acordo com o Google, ele tem o potencial de funcionar no mundo inteiro - nesse caso, os códigos ganham mais quatro caracteres para se tornar códigos globais. É possível saber mais sobre como usar os Plus Codes no site oficial do Google sobre o novo recurso

Mapeando o mundo

Com um intuito semelhante de facilitar a localização, o Google divulgou hoje também alguns recursos novos para o Maps. O principal deles é a possibilidade de usar o app para inserir um endereço que esteja faltando no mapa do aplicativo. Usuários indianos poderão marcar um local do mapa e redigir o endereço correspondente àquele local, o que deve facilitar que ele seja encontrado por outras pessoas.

A empresa também prometeu melhorar a busca por endereços e oferecer novas opções de línguas faladas no recurso de navegação do Maps. Na Índia, esse recurso por enquanto só funcionava em inglês; a partir de hoje, ele funcionará também em seis outras línguas indianas. 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ