Google diz que não pretende se tornar uma montadora de carros

O programa de carros autônomos do Google já usou modelos da Toyota, Audi e Lexus, e hoje se aproveita de um veículo customizado construído em parceria com fabricantes terceirizados. Por isso, a empresa faz questão de deixar claro que não pretende entrar no ramo das montadoras.

O recado foi dado por Philipp Justus, diretor de negócios da empresa na Alemanha, Áustria e Suíça, durante uma conferência sobre automobilismo em Frankfurt, nesta terça-feira, 15. O executivo comentava a recente contratação de John Krafcik, ex-presidente da Hyundai Motors America, como chefe do desenvolvimento de carros autônomos.

"Isso não é algo que poderíamos fazer sozinhos. O Google também não quer se tornar uma montadora de carros", esclareceu Justus, listando os parceiros com quem o veículo sem motorista da empresa foi montado. Bosch, ZF Lenksysteme, LG, Continental e Roush são algumas das fábricas que ofereceram componentes.

Via Business Insider

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ