Sundar Pichai

Google doará mais de R$ 60 milhões para o combate à desigualdade racial

Rafael Rigues 03/06/2020 16h24
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Anúncio foi feito após vários dias de protestos nos EUA causados pela morte de um homem negro por um policial branco, que reacendeu discussões sobre violência policial e racismo no país

O CEO do Google, Sundar Pichai, anunciou nesta quarta-feira que a empresa vai doar US$ 12 milhões (cerca de R$ 60 milhões) para causas que ajudam no combate à desigualdade racial nos EUA.


O anúncio foi feito após vários dias de protestos, alguns deles violentos, em várias cidades dos EUA contra a morte de George Floyd, um negro, pelo policial branco Derek Chauvin durante uma abordagem policial em Minnesota. Mesmo após algemar Floyd, suspeito de passar uma nota falsa de US$ 20, e colocá-lo no chão, Chauvin colocou o joelho sobre o pescoço do homem por quase nove minutos, ignorando seus apelos de que não conseguia respirar.

O caso reacendeu a discussão sobre violência policial nos EUA, especialmente o tratamento desigual que suspeitos negros recebem em relação aos brancos. O caso tem paralelos com a morte de Eric Garner em 2014, morto com uma gravata por um policial branco após uma abordagem.

Em um e-mail interno aos funcionários do Google, ao qual o site Android Police teve acesso, Pichai afirma:

“Nossa comunidade negra está sofrendo, e muitos de nós estamos procurando por formas de defender aquilo no que acreditamos e alcançar as pessoas que amamos para mostrar solidariedade. Ontem, me encontrei com um grupo de líderes negros para conversar sobre como prosseguir e como nós do Google podemos contribuir. Discutimos muitas idéias, e estamos decidindo onde iremos investir nossa energia e recursos nos próximos meses”.

O YouTube já havia se comprometido a doar US$ 1 milhão (R$ 5 milhões) para o Centro para Igualdade Policial. Outro US$ 1 milhão vai para a Iniciativa por Justiça Igualitária. Os outros US$ 10 milhões (R$ 50,8 milhões) serão distribuídos entre organizações ainda não anunciadas. O Google também vai fornecer um subsídio de US$ 15 milhões (R$ 76,3 milhões) em anúncios para auxiliar organizações que lutam contra a desigualdade racial a espalhar sua mensagem.

Além disso, o Google vai igualar uma doação de US$ 2,5 milhões (R$ 12,7 milhões) levantada por suas funcionários, e realizar 8 minutos e 54 segundos de silêncio às 17h desta quarta-feira, em referência à morte de Floyd.

Fonte: Android Police

Google EUA racismo
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você