Google e MP do RN vão fiscalizar Orkut

Empresa americana já fechou acordo semelhante com outros Estados do País

O Ministério Público (MP) do Estado do Rio Grande do Norte e a empresa Google Inc. com sede na Califórnia (EUA) firmaram um acordo para retirar do ar páginas do Orkut que façam apologia a quaisquer atividades ilegais. O MP terá uma página na rede de relacionamentos disponível 24 horas por dia para que os procuradores solicitem diretamente à Google Inc. a remoção de conteúdo ou informação relacionada à atividade ilegal. O buscador terá uma equipe direcionada para responder aos pedidos do MP, que deverão ser atendidos em até um dia útil. A empresa também tornará disponível para o MP uma conta no serviço Orkut para promover campanha contra a pornografia infantil, preconceito racial e outras formas de discriminação. A empresa americana já havia fechado acordo semelhante com o MP de outros Estados do Brasil.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ