Google Fotos

Google Fotos deixa de ter armazenamento ilimitado para alguns formatos de vídeo

Renato Santino
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Lançado em 2015, o Google Fotos é um dos melhores apps já lançados pela empresa, sendo uma tábua de salvação para as pessoas que têm pouco espaço livre no smartphone. Isso porque o app permite armazenamento ilimitado de fotos e vídeos na nuvem, desde que eles passem por uma leve compressão antes. No entanto, as coisas vão mudar um pouco a partir de agora.

Como percebeu o site Android Police, o Google adicionou alguns asteriscos na promessa de armazenamento ilimitado de vídeo. Agora a empresa determinou alguns formatos de vídeo não-suportados; usuários que tentarem fazer upload de materiais nestes formatos para o Google Fotos estarão gastando seu espaço no Google Drive para armazenamento. A mudança começou a valer no dia 6 de dezembro.

A tendência é que poucos usuários sejam atingidos pela mudança. A alteração apareceu na página de vídeos não-suportados pelo Google Fotos, então os vídeos que você faz com seu celular ainda serão armazenados normalmente.

A lista completa inclui formatos inclui os formatos “MPG, MOD, MMV, TOD, WMV, ASF,.AVI, DIVX, MOV, M4V, 3GP, 3G2, MP4, M2T, M2TS, MTS, e MKV”. Desta forma, praticamente todos os vídeos ainda podem ser armazenados ilimitada e gratuitamente no Fotos, com exceção de algum formato muito incomum como VOB ou RAW.

Assim, quem não se adequar aos formatos listados acima estará usando o espaço do Google Drive, que é limitado. Uma possível justificativa para a mudança é que usuários tenham começado a abusar do sistema, fazendo upload de arquivos gigantes que não são vídeos, mas que foram alterados para parecerem vídeos para o sistema do Google Fotos.

Aplicativos Google Nuvem Google fotos
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você