teletransporte

Google chegou a considerar pesquisa sobre teletransporte

Renato Santino 29/05/2013 15h20
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Projeto foi descartado porque itens únicos deveriam ser destruídos antes de serem replicados

O absurdo não é um limite para o Google. A companhia já considerou seriamente investir em um projeto de desenvolvimento de tecnologia para teletransporte. A empresa, conhecida por alguns produtos ambiciosos que miram o futuro da tecnologia, no entanto descartou a pesquisa.

O recurso seria desenvolvido no laboratório Google X, criado em 2010 e localizado a 800 metros do campus da companhia, onde são desenvolvidos os projetos mais "malucos" do Google, como o carro que se dirige sozinho e até mesmo o Glass. 

Segundo matéria extensa da BusinessWeek sobre o laboratório, a pesquisa foi descartada não pela complexidade do teletransporte, que até hoje se discute se é ou não possível. Um dos motivos pela negativa foi que "itens únicos (como uma obra de Picasso) precisariam ser destruídos para serem reconstituídos em outro local", o que poderia danificar o valor da obra.

A negativa do teletransporte, no entanto, não significa que o Google X não tenha outras cartas na manga. A empresa ainda não descartou a ideia de pesquisar a levitação, bem como a criação de robôs infláveis.

Outro produto interessante que foi proposto internamente no laboratório, segundo a publicação, é um capacete invisível para ciclistas, que protegeria sem estragar o visual. Resta saber se o projeto irá adiante ou não.

"Nós iremos entrar em qualquer coisa que for um grande problema para a humanidade, se conseguirmos encontrar uma maneira de consertá-lo", afirma Astro Teller, diretor do laboratório quase secreto da companhia.
Google Google X Google Glass
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você