Google proíbe aplicativos de falsificação de identidade na Play Store

O Google está dando mais um passo para melhorar a oferta de aplicativos na Play Store. Depois de excluir diversos aplicativos considerados perigosos ou inadequados, a empresa agora proibiu a distribuição de aplicativos de falsificação de identidade.

Conforme relata o Android Police, a companhia fez uma alteração nos seus termos de uso para proibir aplicativos que permitem a criação de identidades falsas. “Não são permitidos apps que ajudem os usuários a enganar outras pessoas, incluindo, entre outros, apps que gerem ou facilitem a geração de RGs, CPFs, passaportes, diplomas, cartões de crédito e carteiras de motorista”, diz a nova política.

O Google ainda afirma que a alegação de que a plataforma é apenas uma “brincadeira” ou para “fins de entretenimento” não isentará o aplicativo de ser barrado na Play Store. A expectativa é de que a empresa comece a excluir os aplicativos nos próximos dias.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ