pixel c

Google revela o Pixel C, sua resposta ao Surface e o iPad Pro

Renato Santino
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Agora é oficial: o Surface Pro foi uma boa ideia. O tablet da Microsoft, que se converte em um laptop graças a um teclado vendido à parte, inspirou o iPad Pro e agora deu origem ao Pixel C, uma alternativa baseada em Android apresentada pelo Google nesta terça-feira, 29.

O tablet, inspirado no Chromebook Pixel, também do Google, traz o “C” em seu nome por ser “conversível”, explica o Google. Ele conta com uma tela de 10,2 polegadas de alta resolução (2560x1800).

O teclado, vendido separadamente, se conecta ao aparelho via Bluetooth e é acoplado magneticamente. Por dentro, ele conta com um processador Nvidia Tegra X1 e 3 GB de memória RAM.

Reprodução 

O teclado é o destaque do Pixel C. Ele pode ser acoplado magneticamente na traseira do aparelho e, quando necessário, ele pode ser usado como um laptop. Sua bateria, teoricamente, deve durar para sempre. Isso porque quando não está em uso, ele se recarrega por indução utilizando a bateria do tablet.

A empresa prometeu mais detalhes sobre o produto em breve, em outra ocasião. O lançamento está marcado para o fim deste ano. No entanto, os preços já são conhecidos. O tablet sai por US$ 500 pela versão com 32 GB de armazenamento interno e US$ 600 com 64 GB, e o teclado custa US$ 150.

Reprodução 

Google Android Tablet iPad surface
Compartilhe com seus seguidores
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você