Google Sede

Google teria cancelado futuros projetos de tablets e notebooks

Redação Olhar Digital 14/03/2019 09h00
Compartilhe com seus seguidores
A A A

Fontes que trabalham na produção desses produtos teriam recebido instruções da própria empresa para atuar temporariamente em outros projetos

Desde 2016, o Google investe pesado em na agenda de desenvolvimento de hardware. Com isso, surgiram dois aparelhos desses esforços: o Pixelbook e o Pixel Slate, notebooks que podem ser destacados do teclado para serem usados como tablets. No entanto, a empresa estaria transferindo funcionários que trabalhavam na divisão desses dispositivos para novos departamentos. Logo, isso pode significar o cancelamento de futuros projetos nessa área. As informações são do site Business Insider.


“Dezenas de funcionários do Google trabalhando na equipe Create – uma divisão de hardware interna responsável pelo desenvolvimento e fabricação de notebooks e tablets da marca - receberam instruções para encontrar temporariamente novos projetos em outros setores do Google ou na Alphabet, de acordo com fontes que descrevem [a situação] como ‘cortes nas rotas’", relatou a página. A Alphabet é o conglomerado de empresas que controla Google, Waymo e outras companhias que nasceram da gigante de buscas. Segundo a matéria, a redução da equipe vem acontecendo nas últimas duas semanas.

Entre os profissionais informados sobre essa suposta transferência de funcionários, estão engenheiros de hardware, gerentes de programas técnicos e de suporte. Fontes do Business Insider disseram que as mudanças foram motivadas pelo cancelamento dos projetos da divisão de notebooks e tablets.

Mas a reportagem não deixa claro o que isso significa para o futuro dos equipamentos próprios do Google. Por isso, não é possível afirmar se todos os projetos para notebooks e tablets foram cancelados ou se gigante teria dado uma pausa nessa divisão para reavaliar o que fazer. A matéria também não informa o efeito disso no suporte pós-compra para os clientes do Pixelbook e do Pixel Slate.

Quando lançado em 2017, o Pixelbook foi recebido positivamente por críticos e consumidores. Já o Pixel Slate, de 2018, nem tanto. Seu software era mal otimizado e os preços eram altos demais considerando as funcionalidades pouco atrativas do dispositivo.

Fonte: Android Central.

Notebooks Google TABLETS
Compartilhe com seus seguidores

Recomendados pra você