Google volta atrás e não vai mais forçar login no Chrome

Daniel Junqueira 26/09/2018 10h00
Google Chrome
A A A

Após receber críticas por forçar o login de usuários no Chrome, o Google voltou atrás e vai dar a opção das pessoas desativarem essa função na próxima versão do navegador. Em um post feito no blog oficial do Chrome, o gerente de produto Zach Koch afirmou que, após ouvir reclamações de usuários, o Google decidiu adicionar mais controle na versão 70 do browser, que deve ser lançada em meados de outubro.


Usuários do Chrome não gostaram muito de uma novidade adicionada na versão 69 do browser: com a atualização, sempre que um usuário faz login no Gmail, por exemplo, ele também é logado no Chrome. Isso cria um problema de privacidade para pessoas que não querem vincular o histórico de navegação à conta do Google, e preferem surfar na web sem entrar com credenciais no browser.

Usuários já encontraram uma forma não-oficial de desativar essa função, e a partir da próxima atualização do Chrome vai ficar mais fácil impedir que as credenciais do Gmail sejam usadas também para fazer login no navegador. Dentro do menu de configurações do browser, o Google vai adicionar uma opção para desativar o login automático. Aparentemente, a função vai ser ativada automaticamente, exigindo que o usuário desligue manualmente.

O Google também promete outras mudanças voltadas para privacidade dos usuários. O Chrome 70 vai ter alterações de interface de usuário para avisar quando informações como senhas, histórico de navegação e número de cartão de crédito estão sendo sincronizados entre o navegador e a conta do Google. Além disso, o browser vai remover todos os cookies de autenticação quando a sessão for encerrada - o que não ocorre atualmente.

Navegadores Google Chrome
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você