Hackers russos teriam causado falha no Skype

Mais de 200 milhões de usuários ficaram sem acesso ao programa

A falha que deixou mais de 220 milhões de usuários do Skype sem serviço durante a semana passada pode ter sido obra de um grupo de hackers russos. É o que afirma um post em um fórum de discussão russo, www.xakep.ru. Segundo a mensagem, enquanto procuravam por uma falha de segurança local no programa, hackers descobriram que era possível causar um estouro de buffer remoto ao enviar uma seqüência de caracteres muito grande para um dos servidores de autenticação do Skype, tirando-o do ar. Imediatamente outro servidor assumia seu lugar e caia vítima do mesmo problema, sucessivamente, até toda a rede de autenticação ser desativada. Sem ter como se autenticar no sistema, os usuários ficaram impossibilitados de usar o programa. A mensagem contém um trecho do código-fonte do programa que teria sido usado no ataque. Representantes da Skype negam a possibilidade de ataque deliberado, e atribuem a falha a um “bug” em seu software que só se manifestou recentemente.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ