Heartbleed também afeta celulares e tablets

O bug batizado de Heartbleed, que chacoalhou a internet nesta semana por demonstrar que boa parte dos internautas passou dois anos vulnerável, também afeta quem usa a rede por dispositivos móveis.

De acordo com a Trend Micro, como as aplicações móveis precisam se conectar a servidores e serviços da web para completar funções – incluindo os apps de banco e lojas, que efetuam operações financeiras –, eles caem nos mesmos problemas de segurança.

Ao inspecionar alguns populares serviços da web que são utilizados em celulares e tablets, a Trend Micro digitalizou 390 mil aplicativos da Google Play e encontrou cerca de 1,3 mil app conectados a servidores vulneráveis. Dentre eles, 15 são de bancos, 39 de pagamentos e 10 de compras.

A empresa de segurança diz que não se pode fazer muita coisa para se proteger. "A recomendação, por ora, é deixar de lado as compras online e também as operações financeiras por um tempo, incluindo as atividades bancárias, até que os desenvolvedores de aplicativos liberem uma atualização que esteja livre dessa vulnerabilidade."





RECOMENDADO PARA VOCÊ