Homem processa desenvolvedora de Fallout 4 por ter se viciado no jogo

Um homem russo está processando a Bethesda, desenvolvedora do game Fallout 4 por não avisar que o jogo "era tão viciante". O jogador se queixa por ter jogado por 3 semanas direto, o que lhe custou o emprego, a saúde e seu casamento. Ele afirma ainda que se soubesse que o título era tão "sedutor", teria esperado até as férias para comprar o game ou evitado inteiramente.

O processo pode não ser algo surpreendente para a Bethesda Softworks. No lançamento de Fallout 4, a desenvolvedora chegou a fazer piada com a possibilidade de muitas pessoas quererem faltar no trabalho para jogarem e preparou um "atestado médico" para que elas entregassem ao chefe.

Em novembro, um dos maiores sites de conteúdo adulto do mundo, o Pornhub, chegou a afirmar que o lançamento do título teria sido responsável por uma queda de audiência de 10% de seu público interessado em vídeogames.

Evidências obtidas em pesquisas recentes sugerem que alguns tipos de jogo podem promover realmente um comportamento viciante.

Via Engadget

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ