Hospitais usam emojis para falar sobre sexo com adolescentes

Uma rede de saúde norte americana estreou nesta semana uma nova forma de debater a educação sexual nas redes sociais: utilizando emojis. De acordo com o informado ao The New York Times, a campanha visa atingir usuários entre 12 e 21 anos.

Ann Ormsby, editor da rede de saúde, o objetivo da iniciativa é falar com os adolescentes em uma linguagem em que eles compreendam. Richard Zapata, outro envolvido no projeto, destacou que os jovens que participaram de algumas discussões sugeriram que mensagens com emojis eram a melhor forma para conversar sobre o assunto.

A medida surgiu também como uma necessidade falar com os jovens sobre esse tema que ainda é tabu em muitas ocasiões. Dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças mostram que mais de 62% dos adolescentes sexualmente ativos em Nova York não usaram preservativos em sua última relação sexual.

Via Mic

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ