Inatel exporta modelo de escola de Engenharia para Angola

Instituição venceu licitação para implantar Instituto Tecnológico em país africano

O Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel) venceu uma licitação internacional para desenvolver e implantar em Angola, na África, um Instituto Superior Tecnológico (IST), nos moldes da instituição brasileira. A Guerreiro Teleconsult (GT) - empresa do ex-presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) - Renato Guerreiro, é parceira do Inatel nessa empreitada. O contrato inicial prevê recursos da ordem de US$ 1,5 milhão. O consórcio será responsável pela implantação do IST, uma universidade focada em cursos de graduação em Engenharia de Telecomunicações e Informática. Sediada em Luanda, a instituição formará mão-de-obra qualificada para a reconstrução de toda infra-estrutura daquele país. Depois de períodos de instabilidade política e guerra civil, de 1961 até 2002, Angola está se esforçando para disseminar serviços de tecnologia da informação e comunicação em todas regiões, principalmente, àquelas mais distantes das capitais.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ