Intel vai substituir Qualcomm no fornecimento de modens para iPhone

Visando diminuir a dependência da Qualcomm, com quem briga nos tribunais, a Apple espera que 70% dos iPhones de 2018 usem modens da Intel. E, para 2019, a ideia é abandonar completamente a fabricante do Snapdragon para ter 100% dos modens de iPhones fornecidos pela Intel.

A ideia era que a Intel fornecesse 100% dos modens dos iPhones de 2018. Porém, como é a primeira vez que a empresa vai produzir modens em um processo de 14 nanômetros, a Apple preferiu esperar para ver se a companhia vai conseguir fornecer a quantidade de componentes desejada pela fabricante dos iPhones, segundo o site Fast Company.

Os outros 30% dos componentes vão ser fornecidos pela Qualcomm. Parceira da Apple na produção de modens de iPhones desde 2011, a fabricante dos chips Snapdragon entrou em uma batalha judicial com a desenvolvedora do iPhone relacionada a taxas de licenciamento de patentes. Enquanto as duas brigam na justiça, a Apple decidiu diminuir a dependência da Qualcomm e buscou a Intel para o fornecimento de modens.

A partir de 2019, a Intel deve assumir como única fornecedora de modens de iPhones. Isso inclui os futuros modens compatíveis com redes 5G - é esperado que a Apple lance um iPhone já com suporte às redes de quinta geração no ano que vem, mas ele pode atrasar.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ