Inteligência Artificial ajuda a descobrir origens da Bíblia

Uma inovadora técnica de análise digital está permitindo descobrir mistérios sobre as origens da Bíblia a partir de objetos de 2600 anos atrás.

Arie Shaus, da Universidade de Tel Aviv, disse que todos sabem que a Bíblia foi provavelmente escrita e editada mais tarde após os acontecimentos narrados, mas a dúvida é saber quando exatamente. E é nesse âmbito que a tecnologia funciona, unindo ferramentas de aprendizado de máquina para determinar e compreender o tempo passado.

Shaus e demais pesquisadores publicaram a primeira análise do estudo na revista Proceedings, com informações sobre a escrita, sugerindo que a leitura e a escrita em si foram difundidas em todo Reino de Judah, permitindo a compilação dos textos bíblicos.

Boa parte dos pesquisadores acredita que alguns livros da Bíblia foram escritos ainda no chamado Primeiro Templo, em 528 a.C., mas informações sobre seus reais autores e época exata de escrita são desconhecidos. Muitos textos da época foram escritos em cerâmicas, numa técnica chamada ostraca e são elas que estão sendo estudadas na pesquisa.

O estudo está analisando 16 cacos de ostracas bem preservados com data de 600 a.C., quase na véspera da queda do reino. Ferramentas de processamento de imagens estão trabalhando para restaurar caracteres das superfícies, de forma semelhante a que ocorre com algoritmos de empresas de tecnologia para assinatura digital.

Os primeiros resultados dessa análise mostraram ao grupo de pesquisadores que uma série de autores de toda uma cadeia de comando militar se comunicava por escrito, do comandante até o mais baixo cargo. O resultado mostra o que os estudiosos chamam de ‘proliferação da alfabetização’, que permitiu uma base educacional para a existência da Bíblia.


Via Gizmodo

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ