Inteligência artificial do Google pode identificar cegueira prematuramente

A inteligência artificial do Google pode ajudar, em breve, a identificar uma das principais causas de cegueira entre os adultos. Em parceria com médicos, pesquisadores da empresa desenvolveram um sistema capaz de detectar a retinopatia diabética.

O programa usa a aprendizagem profunda, analisando fotografias da retina para encontrar semelhanças. Em testes, a novidade conseguiu obter taxa de sucesso igual à de oftalmologistas humanos.

O objetivo do sistema, dizem os responsáveis pelo estudo, não é substituir os médicos, e sim ajudar a detectar o problema em locais onde os médicos não conseguem chegar. “Esta é uma tecnologia validada, que pode trazer serviços de triagem a locais remotos onde exames oftalmológicos da retina não estão disponíveis”, explica David McColloch, professor de medicina da Universidade de Washington, especialista em diabetes.

O trabalho começou como um dos projetos experimentais do Google, desenvolvido pelos funcionários durante o expediente. Diante do sucesso, ele acabou se tornando um projeto oficial.

Os pesquisadores trabalharam com médicos indianos, que coletaram fotos da retina de pacientes para que fossem analisadas por doutores. Depois disso, a equipe alimentou 128 mil imagens em sua rede neural para treinar o sistema.

A inteligência artificial evitou falsos negativos e positivos em mais de 90% dos casos, superando o nível indicado por órgãos de saúde, que estipulam 80% de precisão.

Via Wired

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ