Japoneses criam laser com o menor comprimento de ondas do mundo

Cientistas da Universidade de Comunicações Elétricas de Tóquio, no Japão, conseguiram criar o laser com o menor comprimento de onda do mundo. As ondas geradas pelo dispositivo são 10 vezes mais curtas do que as registradas anteriormente, com apenas 0,15 nanômetros. 

Para conseguir desenvolver o laser, a equipe usou uma fina folha de cobre para criar um fluxo de fótons, quando exposta a impulsos de raios-X de diferentes energias. 
 

Reprodução

Os comprimentos de onda que são alcançados atualmente costumam ignorar moléculas menores, produzindo imagens que não fornecem detalhes o suficiente.

De acordo com os pesquisadores, a tecnologia pode ser usada para produir imagens de raio-X ultra-estáveis e de alta qualidade, mesmo quando os objetos analisados forem do tamanho de moléculas. A novidade poderá ser aplicada em campos como a medicina, a física de partículas e a óptica quântica.

Via Gizmodo

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ