Justiça ordena o Google a retirar páginas com conteúdo anti-Edir Macedo

Cinco comunidades no Orkut ofensivas ao bispo serão barradas

Redação Olhar Digital 15/01/2008 13h17
Logo Olhar Digital
A A A

O Google do Brasil foi obrigado a acatar a determinação da Justiça para que retire do Orkut as cinco comunidades de conteúdo ofensivo ao bispo Edir Macedo, dono da Rede Record e fundador da Igreja Universal do Reino de Deus. Caso a empresa não retire as comunidades, deverá pagar multa de R$ 1 mil por dia, além dos custos com despesas processuais, fixados em R$ 2.500. A empresa no Brasil alega não ter como retirar o conteúdo por ser subsidiária da empresa americana e diz que fato conflita com legislação norte-americana. O juiz Leandro de Paula Martins Constant, da 34 Vara Cível de São Paulo não aceitou o argumento.

 

.

Internet Sites Comportamento
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você