Lucro de streaming de músicas bate o de downloads pela primeira vez na história

Um relatório divulgado nesta quarta-feira, 23, pela Recording Industry Association of America (RIAA), mostra que em 2015 o valor arrecadado com streaming de música ultrapassou o de downoads. A associação explica que o streaming foi responsável por 34,3% da receita total do setor, superando em 0,3% o de faixas baixadas.

No período, serviços como o Spotify e o Apple Music conseguiram faturar US$ 2,4 bilhões.
Apesar do aumento na participação na indústria, nem todos os serviços de streaming estão satisfeitos com a arrecadação. "Em 2015, os fãs ouviram centenas de bilhões de faixas e vídeos de música através de serviços digitais sob demanda, com suporte de anúncios, como o YouTube. No entanto, a receita de tais serviços tem sido escassa - menor do que outros tipos de serviços de música. E o problema está piorando", afirma Cary Sherman, presidente da RIAA.

Em 2015, as vendas de discos de vinil faturaram US$ 416 milhões, superando os US$ 385 faturados com apps de música que contam com anúncios, como a versão livre do Spotify.

Via Ubergizmo

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ