Medalhas da Olimpíada de Tóquio serão feitas de smartphones reciclados

A Olimpíada de 2020 pode estabelecer uma mudança fundamental para o evento, em termos de sustentabilidade, porque ela será a primeira a entregar medalhas feitas com material reciclado que venha da tecnologia.

De acordo com a organização do evento, que será realizado em Tóquio, no Japão, todas as 5.000 medalhas de ouro, prata e bronze serão fabricadas com matéria prima tirada de smartphones usados.

A ideia foi apresentada por membros da organização ao governo e empresas locais no ano passado. Tradicionalmente, as medalhas são feitas com extração de minérios, mas o Japão não possui muitos recursos para tal, por isso a reciclagem seria uma alternativa à importação.

"Há um limite de recursos da nossa terra, então reciclar essas coisas nos fará pensar sobre o meio ambiente", disse à BBC o diretor de esportes da Tóquio 2020, Koji Murofushi.

A partir de abril, uma série de caixas serão dispostas em lojas de telefonia e em escritórios para que seja possível realizar a coleta. A ideia é obter duas toneladas de material reciclado.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ