Microsoft perde recurso em processo anti-truste

Companhia deve pagar multa de US$ 613 milhões à União Européia.

A Microsoft perdeu um recurso em um processo anti-truste movido pela União Européia, que acusa a empresa de se aproveitar de sua posição no mercado para prejudicar concorrentes nos segmentos de media players, como a Real Networks, e servidores, como a Sun Microsystems.

 

Em 2004 a empresa foi considerada culpada de comportamento monopolístico, e ordenada a produzir uma versão do Windows XP sem o Windows Media Player (Windows XP Home Edition N) e a divulgar informações sobre os protocolos de rede usados no Windows 2003 a seus concorrentes, além de pagar uma pesada multa de US$ 613 milhões. A Microsoft recorreu da multa, mas em decisão divulgada hoje a União Européia manteve a sentença original.

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ