Microsoft se une a projeto para ensinar computadores a pensar

Gustavo Sumares, editado por Leonardo Pereira 16/11/2016 11h49
Inteligência artificial
A A A

A OpenAI, uma iniciativa de inteligência artificial de código aberto, anunciou ontem uma parceria com a Microsoft para ajudar em seus processos de aprendizagem de máquina. O objetivo da iniciativa é "construir inteligência artificial segura e garantir que seus benefícios sejam tão amplamente distribuídos quanto possível".


Segundo o anúncio, a iniciativa sem fins lucrativos usará a infraestrutura de nuvem Azure, da Microsoft, como plataforma primária para seus processos de aprendizagem de máquina. Esses processos, que incluem redes neurais de aprendizagem profunda, exigem volumes enormes de capacidade computacional e podem ser realizados muito mais rapidamente com plataformas otimizadas.

E esse é o caso dos computadores disponibilizados pela Azure, segundo a OpenAI. Os servidores da Azure utilizam arquiteturas otimizadas para aprendizagem de máquina, com placas de vídeo K80, para realizar esses processos, o que faz com que eles ocorram de maneira mais rápida. Em outras palavras, a plataforma da Microsoft deve permitir que a iniciativa ensine mais rapidamente os robôs.

Inteligência artificial para todos

Outra vantagem da Azure apontada pela iniciativa é o fato de que a plataforma de nuvem pretende em breve oferecer suporte a placas de vídeo com arquitetura Pascal - o que deve tornar o processo de aprendizagem ainda mais rápido. Curiosamente, no entanto, a OpenAI também lista a Amazon Web Services (uma concorrente direta da Microsoft Azure) entre seus parceiros.

De acordo com o TechCrunch, pesquisadores da Microsoft Research também colaborarão com a equipe da OpenAI para "avançar o estado da inteligência artificial". No entanto, a empresa não quis comentar se havia um componente monetário na parceria. Ainda assim, a OpenAI disse que a parceria não mudaria sua iniciativa de produzir ferramentas de código aberto para inteligência artificial e de divulgar abertamente os resultados de pesquisas realizadas com elas.

Recentemente, a Microsoft já havia dado mostras de que pretendia seguir um caminho semelhante: a empresa liberou em código aberto a sua ferramenta Cognitive Toolkit no final do mês passado. Essa ferramenta, que já foi usada para criar o tradutor simultâneo do Skype, permite que qualquer pessoa rode programas de aprendizagem de máquina com os códigos da empresa.

Microsoft open source Inteligência Artificial
Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você