Milhares de apps de iOS se tornam inacessíveis; entenda o que aconteceu

Com a apresentação iminente do iOS 11, a Apple deve abandonar definitivamente os celulares com processadores de 32 bits (os últimos foram o iPhone 5 e 5c). Por isso, a empresa está incentivando desenvolvedores a aproveitar melhor a arquitetura de 64 bits, e agora a empresa também apresentou uma forma de punição a quem não se adequar: o esquecimento.

A empresa já vinha alertando a mudança já tempos. Começou anunciando que apps de 32 bits não funcionariam bem em processadores de 64 bits; depois avisou desenvolvedores que tais apps não funcionariam mais em versões futuras do iOS (mais especificamente, a versão 11). Agora, como observou o site TouchArcade, se você procurar por alguns desses apps não otimizados na loja, você simplesmente não irá mais encontra-los.

Não é que a Apple apagou os aplicativos da loja; apenas deixou de apresenta-los em resultados de buscas. Se você tiver um link direto para eles, ainda poderá baixá-los normalmente e continuar recebendo atualizações. É um aviso claro, no entanto: ou vocês se adaptam aos 64 bits, ou seus aplicativos ficarão comendo poeira.

Mas qual é a vantagem de uma arquitetura de 64 bits, afinal de contas? Inicialmente, não muita, em termos de desempenho, exceto em aplicações que se beneficiam de cálculos em 64 bits, como é o caso de criptografia ou encoding de mídia, como aponta o site Engadget. Isso dito, em algum momento a Apple lançará iPads e iPhones com mais de 4 GB de memória RAM; neste momento, os 64 bits se tornam obrigatórios, uma vez que chips de 32 bits não suportam esse volume de memória.

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ