Uber

Mudanças nos termos e condições da Uber impedem usuário de processar empresa

Juliana Américo 22/11/2016 12h57
Compartilhe com seus seguidores
A A A

A Uber mudou os termos e condições do serviço nos Estados Unidos com o objetivo de evitar ações judiciais. A partir de agora, os usuários que aceitarem os termos estarão renunciando ao direito de processar a empresa.


De acordo com os termos e condições, que foram atualizados na última segunda-feira, 21, qualquer problema ou reclamação contra a empresa deve ser resolvido na base da arbitragem – um método de resolução de conflitos no qual as partes definem que uma pessoa ou entidade privada solucionará o problema, sem a participação do judiciário.

Apesar de a arbitragem ser legal e oferecer decisões mais rápidas, os usuários ficam impedidos de entrar com processos individuais ou coletivos, além de não terem a opção de recusar esse método de negociação caso queiram utilizar o serviço.

Atualmente, a Uber é réu em diversas ações, que envolvem desde problemas trabalhistas até casos de agressões sexuais.

Procurada pelo Olhar Digital, a assessoria de imprensa do Uber informou que os novos termos não serão aplicados no Brasil.

Via CNET

Aplicativos Serviços justiça uber
Compartilhe com seus seguidores

Recomendados pra você