Mulher invade loja nos EUA com o carro por causa de iPhone quebrado

O que você faz quando algum serviço ou empresa te deixa na mão? Xinga o atendente de telemarketing? Briga com os funcionários? Bom, uma consumidora nos EUA resolveu descontar sua raiva por conta de um iPhone com o display quebrado invadindo uma loja com seu carro.

Em cena que poderia estar no clássico “Um Dia de Fúria”, filme de 1993 estrelado por Michael Douglas que mostra o protagonista simplesmente descontando a sua raiva em tudo o vê pela frente, Shinobia Montoria Wright, 26, destruiu a entrada de uma loja da operadora T-Mobile em Palm Springs, na Flórida, com sua SUV após discutir com funcionários do local um dia antes.

O que motivou a mulher a tomar essa atitude teria sido um problema com a troca de seu iPhone. A consumidora esperava que a loja trocasse o smartphone que estava com o vidro quebrado por um novo. A loja, por sua vez, se recusou a fazer a troca, mesmo após Wright ter afirmado que era seu aniversário e possuía seguro. Transtornada, a garota foi expulsa da loja após tentar roubar um smartphone que estava no mostruário.

Menos de 24 horas depois, os funcionários do estabelecimento tomaram um susto quando viram um Nissan Armada 2005 adentrar o local em plena luz do dia. Mas se engana quem pensa que foi só isso o que aconteceu. Depois de invadir o local, ela desceu do carro e usou um rodinho de mão – desses de limpar os vidros do automóvel – para quebrar as vitrines.  Depois de ser contida por um empregado, a mulher o agrediu no pescoço, causando “danos visíveis”.

Reprodução

A polícia, então, entrou em ação e prendeu a mulher, levando-a para um hospital. Mais calma, ela disse que não estava tendo um dia bom e que o problema de seu iPhone teria sido a gota d’água. Também foi constatado que Wright não estava sob efeitos de drogas ou álcool. Uma investigação médica está avaliando se a mulher possui problemas psicológicos.

Ela foi acusada de lesão corporal, lesão corporal grave, roubo, dano criminal de mais de US$ 1 mil e direção imprudente. Além de tudo isso, a acusada poderá ter que arcar com os danos da loja, que ficaram estimados em mais de US$ 30 mil (algo em torno de R$ 97 mil, em conversão direta).

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ