Negligência da Ericsson deixa milhões de smartphones sem rede

A Ericsson confirmou quais foram as causas do problema que levou à queda da sua rede em mais de 10 países na última quinta-feira (06/12). Em nota, a empresa disse que a falha foi causada por um certificado expirado. Em outras palavras, uma manutenção de segurança poderia ter evitado essa dor de cabeça.

Operadoras do Japão, da Europa e dos Estados Unidos sofreram problemas em suas redes móveis na maior parte do dia de ontem e no início da manhã de hoje. As maiores interrupções ocorreram nas redes da O2, no Reino Unido, e da Softbank, no Japão. Com isso, alguns milhões de smartphones ficaram sem serviço de rede nestas regiões.

A Ericsson confirmou posteriormente que os problemas afetaram simultaneamente as operadoras de telecomunicações que usavam dispositivos fabricados pela empresa em um total de 11 países. O motivo: certificação de software expirada.

Como podemos perceber, o erro poderia ter sido facilmente evitado com uma simples manutenção do sistema, visto que os certificados são extremamente necessários para a validade do software e para manter o serviço seguro.

A questão não afetou o Brasil, pois o software que causou este erro não é utilizado pelas operadoras brasileiras.

Via

Compras para o Natal? Não deixe de conferir a extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ