Niantic decide reverter banimento de alguns jogadores de Pokémon Go

A Niantic, desenvolvedora do jogo Pokémon Go, anunciou que vai reverter o banimento aplicado em alguns jogadores que foram julgados erroneamente como trapaceiros. Mais especificamente, os bloqueios que serão desfeitos estão ligados a serviços de mapeamento da posição de Pokémons.

Segundo a empresa, alguns dos serviços de mapeamento coletava dados dos usuários e enviava para os servidores da Niantic. John Hanke, CEO da empresa, diz que isso era o equivalente a um ataque de negação de serviço (DDoS) nos servidores, tornando-os bastante instáveis, o que chegou a atrasar o lançamento do jogo no Brasil, inclusive.

Isso fez com que a Niantic agisse de forma apressada para proteger os servidores, porque estas transferências de dados pareciam maliciosas, quando nem sempre foi o caso.

“Por causa disso, tivemos que banir contas associadas com o uso destas ferramentas de mapas, gerando confusão de alguns usuários sobre o motivo de terem sido banidos”, conta Hanke, que acrescenta que, no entanto, este grupo de pessoas era uma minoria das contas banidas.

Por fim, a Niantic ainda afirma que o uso destas ferramentas de mapeamento é proibido pelos termos de serviço, e que “seu uso ainda pode resultar em banimento de agora em diante”. Além disso, a empresa diz que jogadores que usaram outros métodos de trapaça, como o GPS falso, continuarão banidos.

Via The Verge

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ