Novidade pode ajudar a reduzir a espessura dos smartphones

Um novo programa pode ajudar as fabricantes de smartphones a atingir seu mais recente objetivo: deixar os dispositivos ainda mais finos. A empresa norueguesa Elliptic Labs desenvolveu um software que pode substituir os sensores de proximidade pelo o alto-falante do celular.

Laila Danielsen, CEO da Elliptic, explica que o alto-falante do telefone pode funcionar "como a boca de um morcego", emitindo som em freqüências de ultra-som (neste caso, entre 23kHz e 35kHz), o que faria com que o microfone fizesse as vezes de "ouvido de morcego", conseguindo ouvir um som inaudível que é distorcido pelos braços, mãos e rostos, de acordo com a proximidade.

Na prática, o trabalho de interpretar a mudança sonora poderia determinar quando o rosto está muito perto da tela, durante uma ligação, por exemplo, fazendo com que as luzes se apaguem.

Mas é bom não se empolgar muito com a tecnologia. De acordo com Danielsen, os sensores de proximidade medem cerca de 2 milímetros e, mesmo que o espaço seja reduzido, é preciso modificar mais itens para obter uma diminuição considerável.

Via Engadget 

Compras na Internet? Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ