Novos fones do Google conseguem traduzir simultaneamente até 40 idiomas

Uma das novidades mais subestimadas anunciadas pelo Google nesta quarta-feira, 4, foram os Pixel Buds, os primeiros fones Bluetooth a receber a marca da companhia. O que ele tem de especial? Ele é projetado para funcionar como tradutor simultâneo para permitir que seu usuário mantenha uma conversa com outra pessoa que fala outro idioma.

O fone pode ser pareado com qualquer celular, mas o recurso específico de tradução, graças à integração com o Google Tradutor, funciona exclusivamente com o Google Pixel, então é algo a ser observado antes de comprar o fone para uma viagem ao exterior.

Mas como funciona? Os Pixel Buds não são muito diferentes do peixe-babel, tão conhecidos pelos fãs da série do “Guia do Mochileiro das Galáxias”: você coloca o fone no ouvido, ele reconhece o som exterior, passa o áudio pelo Google Tradutor e direciona a mensagem traduzida para seu ouvido em um idioma familiar.

Infelizmente, ele não é capaz de traduzir sua própria fala para que outras pessoas entendam seu idioma, porque isso é impossível. No entanto, a demonstração no palco mostra que se duas pessoas estiverem usando os fones ao mesmo tempo, mesmo falando idiomas diferentes, a conversa pode fluir. Durante o evento, uma das partes falava inglês e a outra falava sueco, e o diálogo fluía sem grandes atrasos.

Os Pixel Buds não são os primeiros fones a prometer este recurso, mas são os únicos que realmente podem chegar perto de cumprir a promessa, aproveitando a tecnologia do Google Tradutor. Segundo o Google, os fones funcionam em até 40 idiomas diferentes.

Para quem estiver interessado, os Pixel Buds serão disponibilizados pelo preço de US$ 160, com bateria suficiente para 5 horas de uso a partir de uma recarga cheia. O valor também inclui um case que, além de facilitar o transporte, também armazena energia para recarregar os fones e atingir mais 24 horas de uso.





RECOMENDADO PARA VOCÊ