Pesquisa: entre 2010 e 2015, acesso à internet quase dobra na América Latina

Uma pesquisa divulgada pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) mostra que o acesso à internet quase dobrou nos últimos 5 anos na América Latina. O estudo, que analisou 24 países, mostra que entre 2010 e 2015 o número de casas conectads passou de 14,1% para 43,4%. No entanto, quase metade da população latino-americana ainda não possui internet em casa. "A expansão do acesso se concentrou nas regiões mais ricas, ampliando a diferença com as áreas mais pobres", afirma o Cepal.

Os países com as maiores taxas de crescimento entre 2010 e 2015 foram Nicarágua, Guatemala, El Salvador e Bolívia.

Custos
Em 2010, o custo de contratação de serviço de banda larga fixa de 1 mbps custava cerca de 18% da renda mensal. No começo deste ano, esse valor caiu para abaixo de 2%, o que contriubuiu para um aumento no acesso a conexões de banda larga, principalmente na modalidade móvel.

Países
Dos 24 países analisados, 3 tinham uma penetração à internet menor que 15%, 15 tinham taxas de 15% a 45%, 3 estavam entre 45% e 56% e 3 - Chile, Costa Rica e Uruguai - tinham mais de 60%.

Via Reuters

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ