Criança no computador

Número de pais que ajudam filhos a burlar regras no Facebook dobra em um ano

Redação Olhar Digital 09/05/2011 16h05
Compartilhe com seus seguidores
A A A

17% dos pais afirmaram que não viam problemas ao encontrar seus filhos usando redes sociais, contra 8% em 2010

O Grupo Liberty Mutual, especializado em seguros e serviços financeiros, entrevistou 1.000 pais pelo projeto "Responsability" e descobriu que o número de pais que ajudam seus filhos a mentir a idade em redes sociais dobrou em apenas um ano. O Facebook, assim como outras redes sociais, possui um controle de idade que impede crianças de se cadastrarem.

Cerca de 17% dos pais entrevistados disseram que não viam problemas ao encontrar seus filhos usando redes sociais. Apenas 8% dos entrevistados disseram o mesmo em 2010. Mas 44% afirmam limitar o tempo gasto na internet e no celular por seus filhos. Outros 11% dos entrevistados admitiram usar redes sociais em nome de seus filhos pequenos ou bebês.

"Mais e mais pais estão deixando suas crianças terem contas de Facebook ou passar mais tempo online, e cada vez mais essa idade vem diminuindo", disse a instrutora de psiquiatria Janet Taylor, do Hospital de Nova York, em entrevista à Reuters.

"Não é alarmante. Isso significa que precisamos estar cientes do que está acontecendo e de como utilizar melhor a mídia social", concluiu a especialista, definindo como 'sinal dos tempos'.

Quando perguntados sobre cyberbullying, alguns pais afirmaram serem responsáveis, caso seus filhos fossem vítimas. 63% afirmaram que seria responsabilidade dos professores e da escola.
Facebook crianças
Compartilhe com seus seguidores
Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.

Recomendados pra você