Objetos impressos em 3D não precisam de bateria para se comunicar via Wi-Fi

Cientistas dos Estados Unidos criaram objetos impressos em 3D que conseguem se comunicar com dispositivos Wi-Fi sem precisar de energia. O estudo pode contribuir para o desenvolvimento de uma Internet das Coisas em que as coisas não precisam estar ligadas na tomada, e nem de uma bateria.

O sistema, descrito em um artigo científico, usa uma técnica que permite a troca de informação entre dispositivos usando componentes ativados por movimentos, como molas e engrenagens, no lugar de componentes elétricos. Essas peças, que podem ser feitas em impressora 3D, conseguem enviar sinais simples como 0 e 1 para outros aparelhos a partir de uma antena posicionada dentro do objeto impresso em 3D.

Isso pode criar, por exemplo, um botão que, quando pressionado, envia um sinal para um dispositivo Wi-Fi e permite que o volume da reprodução de uma música seja aumentado ou diminuído. Isso tudo em um objeto que não usa nenhum tipo de bateria, ou seja, ele não depende de energia elétrica para funcionar.

Ainda não há informações sobre o uso da tecnologia em produtos comerciais. Como ela ainda está sendo desenvolvida, pode demorar algum tempo até que os primeiros dispositivos sem bateria que se comunicam com aparelhos Wi-Fi cheguem às lojas.

O Natal está chegando. Para aproveitar as melhores ofertas, baixe a nova extensão do Olhar Digital. Além da garantia do melhor preço, você ainda ganha descontos em várias lojas. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ