Papa diz que internet e redes sociais são "um dom de Deus"

O Papa Francisco classificou a internet, as redes sociais e as mensagens de texto como um "dom de Deus". "E-mails, mensagens de texto, redes sociais e bate-papos também podem ser formas totalmente humanas de comunicação. As redes sociais podem facilitar as relações e promover o bem da sociedade, mas também podem levar a uma maior polarização e divisão entre indivíduos e grupos", afirmou o pontífice.

Mais perto da tecnologia

Recentemente, Franciso reconheceu que não sabia como usar um computador e classificou sua experiência com a tecnologia como "um desastre". Na época, o Papa também sugeriu que os smartphones fossem banidos da mesa de jantar e que as crianças não possuíssem computadores em seus quartos.

Agora, o pontífice parece tomar uma posição mais conciliatória em relação aos avanços tecnológicos. "A Internet pode ser usada para construir uma sociedade saudável e aberta à partilha. Não é a tecnologia que determina se ou não a comunicação é autêntico, mas sim o coração humano e da nossa capacidade de usar sabiamente os meios à nossa disposição", declarou.

Nesta sexta-feira, 22, o Papa se reúne com Tim Cook, CEO da Apple, e com Eric Schmidt, CEO da Aplhabet, empresa mãe do Google.

Você faz compras Online? Não deixe de conferir a nova extensão do Olhar Digital que garante o preço mais baixo e ainda oferece testadores automáticos de cupons. Clique aqui para instalar.




RECOMENDADO PARA VOCÊ